Categoria

Exposição

SerTão Jacó
Artista: Ana Taemi

Tá na rede

Produto das marcas

Banca de revista

Formas de pagamento

  • Cartão de Crédito
  • Mastercard Diners
  • Cartão de Débito
  • Bradesco
  • Depósito Bancário
  • Bradesco Itau Real
    Caixa
  • Boleto Bancário
  • Boleto
  • Parcelamento (Cheques)
  • Cheque

Site seguro

Voltar

Exposição

O Salão da Fotografia CONSIGO surgiu com a intenção de fomentar a fotografia como arte, desde a imagem documental à expressão abstrata, sua apreciação e discussão pelos amantes da fotografia, frequentadores da tradicional rua Conselheiro Crispiniano.
São 120m de área na CONSIGO destinados, desde o ano 2000, à exposição dos trabalhos de profissionais e amadores de diversas vertentes da fotografia.
Seja bem vindo e critique sempre!

SerTão Jacó


Fotografias de Ana Taemi
Curadoria de Valdemir Cunha

O destaque da mostra é a “Missa do Vaqueiro” que surge com o assassinato de Raimundo Jacó (vaqueiro afamado e grande aboiador), na Caatinga de Serrita/PE. Tem como objetivo a preservação da memória do sertanejo, reconhecendo o valor e a importância do vaqueiro nordestino.

Esta é uma homenagem feita não apenas a ele, mas a todos vaqueiros nordestinos destemidos que desafiam a imensidão, a seca, a fome e o risco do grande Sertão Nordestino, mantendo sempre viva a tradição.
Ana Taemi

Raimundo Jacó Mendes nasceu em 1912 e era primo de Luiz Gonzaga. Sua habilidade como vaqueiro despertou a admiração de muitos, mas também a inveja de alguns, como a do vaqueiro Miguel Lopes, que com Jacó mantinha uma rixa.

Diz a lenda que o dono do sítio onde trabalhavam deu-lhes a missão de resgatar uma rês arisca que se perdera do rebanho. Ao final do dia Lopes teria voltado sozinho e os outros vaqueiros, preocupados, saíram à procura de Jacó que foi encontrado morto ao lado da rês e de seu fiel cachorro, além de uma pedra manchada de sangue. Por falta de provas, Miguel Lopes nunca respondeu pelo assassinato.

Após saber da morte de seu primo e da injustiça, Luiz Gonzaga protestou com a música “A morte do Vaqueiro”.


Outras exposições

Caminhada Noturna: O prazer de andar e conhecer a cidade